Home » Notícias » Doe sangue e salve vidas

Doe sangue e salve vidas

Segundo dados da Fundação Pró-Sangue é comum que os estoques de sangue diminuam em até 30% mais durante o inverno. Nessa época do ano, por conta das férias de julho, essa demanda acaba – infelizmente – crescendo muito no país, e por isso o Movimento pela Moradia traz à tona esse tema tão importante.

Por mais que a campanha Junho Vermelho tenha sido criada é muito importante lembrar de que se cada um fizer a sua parte, com frequência e não só em situações emergenciais, essas estimativas podem diminuir, ser cessadas e salvar muitas vidas.

No site do Governo do Estado de São Paulo, aba Secretaria de Estado da Saúde, é possível encontrar todos os locais na capital para doação: veja clicando neste link.

A própria Fundação Pró-Sangue também possui cinco postos de coleta: acesse aqui.

A COLSAN – Associação Beneficente de Coleta de Sangue – também tem onze lugares que recebem doações em toda a grande São Paulo e todos podem ser conferidos por este link. Alguns deles são na zona leste de São Paulo. Veja:

Hospital Municipal Dr. Carmino Caricchio – Tatuapé

 

Av. Celso Garcia,4815 – Tatuapé

São Paulo – SP – Tel.: 2942-8094 / 3394-7081

Segunda e quinta das 8h às 12h30

Terça, quarta, sexta e sábado das 8h às 13h (exceto feriado)

Estacionamento gratuito: Rua Síria, 22 (Banco Itaú) de segunda a sexta-feira.

 

Hospital Municipal Alípio Correa Neto – Ermelino Matarazzo

Al. Rodrigo de Brum, 1989

São Paulo – SP – Tel.: 2545-4652

Segunda a sábado das 8h às 13h (exceto feriado).

 

QUEM PODE DOAR? CARACTERÍSTICAS PARA DOAÇÃO:
Requisitos básicos, segundo a Fundação Pró-Sangue:

– Estar em boas condições de saúde;

– Ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos (menores de 18 anos, clique para ver documentos necessários e formulário de autorização).

– Pesar no mínimo 50kg;

– Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas);

– Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação);

– Apresentar documento original com foto recente, que permita a identificação do candidato, emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade, Cartão de Identidade de Profissional Liberal, Carteira de Trabalho e Previdência Social).

 

QUEM NÃO PODE – TEMPORÁRIO – veja restrições:
– Resfriado: aguardar 7 dias após desaparecimento dos sintomas;

– Gravidez (90 dias após parto normal e 180 dias após cesariana) e em amamentação;
– Ingestão de bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a doação;

– Tatuagem / maquiagem definitiva nos últimos 12 meses.

– Situações nas quais há maior risco de adquirir doenças sexualmente transmissíveis: aguardar 12 meses;
– Qualquer procedimento endoscópico (endoscopia digestiva alta, colonoscopia, rinoscopia etc): aguardar 6 meses;

– Extração dentária (verificar uso de medicação) ou tratamento de canal: por 7 dias;

– Cirurgia odontológica com anestesia geral: por 4 semanas;
– Acupuntura: se realizada com material descartável: 24 horas; se realizada com laser ou sementes: apto; se realizada com material sem condições de avaliação: aguardar 12 meses.

– Vacina contra gripe: por 48 horas.

– Herpes labial ou genital: apto após desaparecimento total das lesões;

– Herpes Zoster: apto após 6 meses da cura (vírus Varicella Zoster);

– Febre Amarela: quem tomou a vacina deve aguardar 04 semanas; quem contraiu a doença deve aguardar 6 meses após recuperação completa (clínica e laboratorial); e quem esteve em região onde há surto da doença deve aguardar 30 dias após o retorno;
QUEM NÃO PODE – definitivo:

– Hepatite após os 11 anos de idade;

– Evidência clínica ou laboratorial das seguintes doenças infecciosas transmissíveis pelo sangue: Hepatites B e C, AIDS (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II e Doença de Chagas;

– Uso de drogas ilícitas injetáveis;

– Malária.
Passe a importância desse gesto adiante. Sua atitude pode ajudar a mudar o destino de muitas vidas, famílias e amigos. Contribua.
O Movimento pela Moradia apoia e contribui com essa causa. Doe sangue. Salve vidas!

Deixe uma resposta

Rolar para o topo