Home » Notícias » Iniciativa BRT Perimetral Leste pretende facilitar o transporte na região

Iniciativa BRT Perimetral Leste pretende facilitar o transporte na região

Com o objetivo de reorganizar a rede de transporte coletivo, adequar e melhorar o atual sistema viário e valorizar a qualidade de vida da população na zona leste, o BRT Perimetral – sistema de transporte coletivo de passageiros com atributos de rapidez, conforto, eficiência, por meio de infraestrutura segregada e excelência em serviço ao usuário – pretende facilitar o transporte na região, e o Movimento pela Moradia explica como.

No último dia 9 de junho, sexta, o projeto de implantação foi apresentado no SESC a diversos representantes – inclusive do Movimento – para que tudo fosse completamente compreendido para todos os interessados, bem como todas as implementações pretendidas:

– Criar um novo eixo de conexão perimetral entre Guarulhos e o ABC Paulista, integrando importantes polos da região, como São Miguel Paulista, Itaquera e São Mateus;

– Melhorar o deslocamento e a mobilidade das pessoas, incluindo aquelas com dificuldades de locomoção, com a ampliação da rede estrutural e a implementação das transferências modais;

– Aumentar a oferta de transporte público de qualidade na porção leste da Região Metropolitana de São Paulo, com ônibus mais confortáveis, pontuais e seguros, concomitantemente à diminuição do tempo de viagem.

Com exemplos já consolidados na Colômbia, Equador e em Curitiba, em nosso país, a iniciativa tem ainda como características:

– Os passageiros efetuam o pagamento ao entrar na estação, não havendo cobrança dentro dos veículos;

– Facilidade de acesso dos passageiros aos veículos;

– Diminuição do tempo de embarque nas paradas, tendo um importante reflexo na operação a diminuição no tempo de viagem.

BENEFÍCIOS ESPERADOS

  • Redução do tempo gasto pelos usuários em viagens no transporte público de 1:40 para 1 hora, o que significa 30% de economia em tempo médio de viagem;
  • Redução dos níveis de congestionamento das principais vias na área de abrangência;• Redução dos números de acidentes nas principais vias;

    • Redução nos custos de gestão da rede de transportes;

    • Promoção de requalificação urbana e ambiental da região ao longo do traçado;

  • Redução da poluição, devido às menores emissões de poluentes atmosféricos.

Com status atualizado dos projetos básico e funcional já concluídos, as próximas etapas são: a contratação do projeto executivo (ainda em 2017, com previsão em agosto), a obtenção das licenças de instalação e a contratação das obras. As estimativas são de 16 a 24 meses para obras de cada um dos trechos.

O Movimento apoia toda e qualquer media para melhorias à população e continuará acompanhando e divulgando novidades sobre o BRT Petimetral Leste!

Deixe uma resposta

Rolar para o topo