Home » Notícias » Morando entre as estrelas

Morando entre as estrelas

estrelas_link

O Brasil é um país cheio de peculiaridades. Entre elas, a de possuir uma das maiores disparidades no que se diz respeito à igualdade social, mesmo sendo o nosso um país repleto de riquezas. Esse fato faz com que o número de pessoas necessitadas não só atinja índices críticos, mas também permaneça em constante ascendência. Felizmente, dentro dessa realidade, emergem inúmeros movimentos sociais, compostos por verdadeiros guerreiros que transformam as adversidades do dia a dia em combustível para fazer dos sonhos realidade.

E para que essa transformação efetivamente aconteça, precisamos nos cercar de pessoas que não fujam da luta e que estejam dispostas a ajudar o próximo sem medir as dificuldades dessa empreitada, pois, como em qualquer batalha ideológica, enfrentamos diariamente as mais diversas resistências burocráticas, fato infelizmente inimaginável à grande maioria envolvida nesse intenso processo.

Mesmo assim, não desistimos; continuamos caminhando. Um dos motivos é a proliferação de bons profissionais no nosso time, como José Roberto Sackl, que esteve conosco desde a fundação do movimento, quando as reuniões aconteciam da forma mais embrionária possível, sem nenhum tipo de estrutura e sem que pudéssemos imaginar o que aqueles encontros viriam a se tornar um dia. Ainda assim, ele se fez onipresente no projeto e colaborou de todas as formas, contribuindo para que fôssemos reconhecidos e respeitados pela excelência dos serviços prestados àqueles que lutam pela moradia própria.

Infelizmente agora temos de conviver com o peso da ausência do nosso fiel e imprescindível escudeiro, que faleceu no último mês de dezembro. Zé Roberto se foi, mas deixou a todos que conviveram com ele um legado sem igual de altruísmo, honestidade e fidelidade. Certamente palavras de agradecimento não são sufi cientes para contemplar tudo aquilo que ele representa para o movimento.

Zé Roberto dedicou grande parte da vida a essa árdua tarefa, que é a batalha pela moradia própria. Como exímio guerreiro, nunca se esquivou de nenhum obstáculo, ultrapassando os muitos que lhe cruzaram o caminho ao longo da estrada. Desse modo, possibilitou a realização de inúmeros sonhos. Talvez essa tenha sido a sua missão aqui na Terra, tarefa que cumpriu com os louvores dignos dos maiores campeões. Apesar da proeminente tristeza que ainda toma conta dos nossos corações, estamos cercados da infinita admiração que nutrimos pela grande figura que ele foi e sempre será. Temos muitos momentos para guardar na memória e todos eles nos tornam ainda mais gratos pelo privilégio de ter convivido com um ser humano tão especial. Como dizem os poetas, a saudade é o amor que fica. Afirmação mais do que apropriada a um momento como este, pois estamos envoltos não só pelo amor, mas também pela gratidão por tudo o que ele fez pelo movimento. Temos a certeza de que, de onde estiver, ele sempre estará ao nosso lado, iluminando-nos e abrindo caminhos. A única diferença é que, agora, Zé Roberto vai realizar sua missão da sua nova morada, que é entre as estrelas.

 

Emiliano Zapata

Deixe uma resposta

Rolar para o topo