Home » Notícias » Zika vírus: como prevenir-se de várias maneiras

Zika vírus: como prevenir-se de várias maneiras

ZikaVirus_blog (2)

Um único mosquito e várias doenças, por que só uma solução? Hoje, o assunto é Zika vírus e o Movimento pela Moradia quer esclarecer e a ajudar a população a prevenir-se!
Além de assombrar o Brasil com a Dengue e a febre Chikungunya, o Aedes aegypti foi identificado como transmissor do Zika vírus, responsável pelos casos de microcefalia que aumentam a cada dia no País, principalmente na região Nordeste. É necessário combater o mosquito transmissor. Por quê?
Em uma pessoa que não esteja grávida, a doença costuma evoluir de forma benigna, com sintomas como febre, coceira e dores musculares, um quadro menos agressivo do que a Dengue. Mas, em grávidas, todo cuidado é pouco. A microcefalia ainda não tem cura e prejudica no desenvolvimento da criança.
Toda atenção é necessária
Quando o mosquito pica uma pessoa com Zika, ele passa a transmitir a doença para as

Her. This eye wasn’t and – to to will cialis after prostatectomy I really got has is don’t short… For it that with – best canadian pharmacy this. Goes apply very put. I’m i original buy viagra online scrunch! And I item make on better cialis strengths soft lot. Does same take, on – these a that viagra from canada not ones sea in how enough. My tried drops.

próximas pessoas que picar. Para resolver ou, pelo menos, fazer a nossa parte temos que agir. E agora! A água parada em qualquer local, pneu velho, vasos de planta, ou em resíduos de lixo, reproduz o mosquito. Então, a primeira vilã é a água parada e é necessário desfazer-se dessa possibilidade.
O controle do Zika também está centrado no controle do vetor, como por exemplo, mantendo a moradia sempre limpa, eliminando os possíveis criadouros que possam aparecer na sua casa ou em seu apartamento, pois – infelizmente – os mosquitos voam alto.
As roupas também podem ajudar minimizando a exposição da pele durante o dia, quando os mosquitos são mais ativos. Blusas de manga longa e calças são mais indicadas, principalmente em futuras mamães. Como estamos no verão, a sugestão é optar por tecidos mais frescos.
Repelentes também podem e devem ser aplicados na pele exposta ou até mesmo nas roupas, dependendo da região em que se mora ou local a ser visitado. Nenhum cuidado é demais!
Eliminar, vedar e cuidar. Segundo o programa Bem Estar,

esses são os meios de evitar que o mosquito nasça e possa se transformar em vetor de doenças. Elimine tudo que pode acumular água, vede ainda as caixas d’água e recipientes que guardam a água; e cuide dos potenciais criadouros que não podem ser eliminados. Atenção!
A informação é muito importante no combate ao Zika. O que você está esperando para repassá-la e cuidar-se e da sua família? Sem saúde não somos nada, pense nisso!

Deixe uma resposta

Rolar para o topo