Home » Notícias » Consciência Negra: importância da data para todos

Consciência Negra: importância da data para todos

Em 20 de novembro, no Brasil, é celebrado o Dia Nacional da Consciência Negra. A data foi inclusa no calendário de mais de mil cidades brasileiras entre 2003 e 2011, mas o tema ainda exige muita atenção devido a importância e – infelizmente – ainda tanto preconceito no Brasil e pelo mundo. Por isso, o Movimento pela Moradia aborda o assunto.

O Dia da Consciência Negra celebra a consciência afro-brasileira e relembra o aniversário da morte de Zumbi dos Palmares, líder do Quilombo dos Palmares, que lutou pela libertação dos negros escravizados durante o período colonial no Brasil. A data é uma forma de homenagear o líder na época dos quilombos, fortalecendo mitos e referências históricas da cultura e trajetória negra no país.

A celebração é vista como uma ação afirmativa de promoção da igualdade racial e uma referência para a população afrodescendente dedicada à reflexão sobre as consequências do racismo. Assim sendo, a data tem uma orientação comemorativa, mas também está voltada à afirmação da consciência política, da pertença étnico racial e da reivindicação dos direitos da população afro-brasileira.

Utilizada para refletir sobre o relevo da cultura e do povo africano, bem como a sua importante influência na cultura brasileira, várias cidades do país decretam feriado no dia e realizam uma série de eventos, como fóruns, debates e programações culturais. Você já participou de algum?

Programação em São Paulo

Neste ano, a cidade de São Paulo recebe a inéditaVirada da Consciência, marcada para acontecer nos dias 18 a 21 de novembro, com a proposta de discutir e festejar a cultura negra.

Entre as atividades, estarão incluídas competições esportivas, desfile de moda, oficinas de beleza, espetáculos de música e dança, teatro e mostra de arte e cinema. Também compõem a virada um seminário internacional sobre a inclusão da temática afro-brasileira no currículo escolar, a cerimônia de entrega do troféu Raça Negra, que tem Mano Brown como homenageado neste ano, e a 6ª FlinkSampa (Festa do Conhecimento, Literatura e Cultura Negra).

O evento acontece em cinco locais principais: Faculdade Zumbi dos Palmares e Centro Esportivo Tietê, Vale do Anhangabaú, Memorial da América Latina, avenida Paulista e Sala São Paulo. Haverá programação também nos CEUs (Centro Educacional Unificado) e nos museus municipais da cidade de São Paulo. Acesse o site, programe-se e saiba mais: https://www.viradadaconsciencia.com.br/.

Você pode conferir outras agendas com demais programações de oficinas, amostras, exposições culturais e entretenimento sobre o tema em São Paulo pelos sites: https://agendapreta.com/ e http://cooperifa.com.br/.

O Movimento pela Moradia apoia toda ação e causa relacionada com a Consciência Negra. Chega de racismo, preconceito e desigualdades. Faça sua parte e ajude como puder!

Deixe uma resposta

Rolar para o topo