Home » Notícias » Movimento pela Moradia: responsabilidade de organização e missão de luta

Movimento pela Moradia: responsabilidade de organização e missão de luta

O Movimento pela Moradia, devido à muitas dúvidas dos leitores, esclarece que nossa maior responsabilidade é organizar o Movimento para fazer a luta pelas moradias. Hoje, dependemos totalmente do Governo Federal e do Ministério da Cidade, que é quem libera os recursos (com a CAIXA como gestora), do Governo do Estado e da Prefeitura do Estado (terreno e investimentos).

Vocês e as pessoas que entram no Movimento têm que ter clareza de que não é o Movimento que libera os recursos. Dependemos totalmente dos governantes (Federal, do Estado e Prefeitura), além dos projetos – desenvolvidos e aprovados para as obras. O que tem atrasado muito, nos últimos anos, são as liberações do Ministério da Cidade. Estamos ansiosamente aguardando por anúncios de algumas obras para serem iniciadas, atrasadas há tempos, mas até agora ainda nada.

Nosso Movimento faz a luta desde 1984, já proporcionamos mais de 35 mil moradias. Mas, nada depende de nós. Somos a ponte dessa grande luta entre os governos e autoridades. Precisamos da perseverança e paciência de vocês, pois na nossa constituição diz que todo cidadão tem direito à moradia, saúde e educação, mas não podemos ficar parados aguardando o Governo bater na nossa porta para nos entregar nossa casa. Temos que lutar por esses lares!

Tanto a Prefeitura quanto o Estado não têm uma política de habitação. Sem recursos do Governo Federal (que não aporta recursos), os demais órgãos não fazem uma política de habitação. Esse é o maior problema, nesse sentido, nos últimos anos. Por isso, não podemos desistir.

Dependemos e acreditamos nas moradias. Por isso, lutamos tanto por elas e por cada participante que acredita no nosso Movimento pela Moradia! Agradecemos e contamos com cada um de vocês, nessa luta que está longe de acabar, mas que com certeza valerá a pena!

1 comentário

  1. Acabamos de ter DIA 04/03/ 2018 AS 15h; Reunião de Luta por terras e moradias aqui na Acrab,quilombo Guaianases,av.nordestina nº 6969, lajeado,donde distribuimos as agendas do movimento pela luta da terra,Pastoral da Moradia da Zona Leste,a Associação Cultural de Resistência Afro Brasileira,na Presidencia de Waldir Moura dos Santos,candidato com votação dia 13/03/2018,das 8;h as 17;h,Eleição do Conselho Gestor da UBS,JD.aurora,rua claudio da Costa n.56 Lajeado,onde Waldir é atual Conselheiro Participativo do Lajeado 2018 Prefeitura de Guaianases:pauta informativa,caravana para Brasilia em maio,2018 e os criterios,e com fraca frequência das famílias;além de varios inimigos,que defamam e caluniam, a Comunidade,que esta discriminada por preconceitos raciais,sociais e politicos;

Deixe uma resposta

Rolar para o topo